31% reprovam e 28% aprovam Wagner, diz CNI/Ibope

Pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quinta-feira (25) mostra que 28% dos eleitores avaliaram como “bom” ou “ótimo” o governo de Jaques Wagner (PT) na Bahia.

Dos entrevistados, 37% consideram a gestão regular e 31% “ruim” ou “péssima”. Outros 5% não sabem ou não responderam. A margem de erro do levantamento é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

O Ibope ouviu 602 eleitores no estado com mais de 16 anos entre 9 e 12 de julho. O Ibope também perguntou aos eleitores se aprovam a maneira de governar de Jaques Wagner: 45% dos eleitores responderam que aprovam, 46% que desaprovam e 9% não responderam ou não souberam.

Em outra questão, 41% disseram que confiam no governador, 51% disseram que não confiam e 8% não responderam ou não souberam. Entre os entrevistados, 66% acreditam que governador e secretários utilizam “mal ou muito mal” os recursos públicos.

É a primeira vez que a CNI encomenda pesquisa sobre desempenho de governos estaduais. O levantamento foi realizado após as manifestações de rua no mês de junho em todo o país que pediram melhores condições de vida e o fim da corrupção.

Inicialmente, não foi divulgado o percentual de eleitores que consideram o governo ruim ou péssimo ou regular. Segundo o gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, a opção por informar somente os percentuais de “ótimo/bom” foi motivada pelo excesso de dados da pesquisas. Os dados completos só foram disponibilizados no final da tarde desta quinta.

Política Livre

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.