61 prefeituras baianas tiveram contas de 2012 rejeitadas pelo TCM

Um total de 61 prefeituras baianas teve as finanças de 2012 rejeitadas este ano pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), segundo aponta o mais novo balanço da Corte. O número corresponde a 41% das 146 contas relatadas até ontem pelo TCM, volume que corresponde a pouco mais de um terço das 417 cidades do estado. As outras 85, no entanto, foram aprovadas com ressalvas e recomendações pelos conselheiros. Em relação às Câmaras de Vereadores, o índice de rejeição é bem menor. Das 184 contas do Legislativo analisadas em 2013, apenas 17, o equivalente a 9,3%, não passaram pelo crivo do TCM, que aprovou integralmente cinco e, com ressalvas, 162. Ainda de acordo com o levantamento, o tribunal já enviou 54 representações ao Ministério Público contra prefeituras e câmaras.

Coluna Satélite

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.