ACM Neto faz duras críticas a Jaques Wagner (PT)

acmneto

Desde ontem que a política baiana está em um “climão”. O prefeito ACM Neto (DEM), não deixou barato as últimas declarações do ex-governador,  Jaques Wagner (PT) que diziam que ele gosta de se aproveitar dos benefícios do governo do estado, mas depois vira as costas quando as obras são concluídas.

Em contrapartida Neto, não deixou barato e retribuiu. “É a soma de obras que fazem o trabalho de uma prefeitura. Imagine se eu passasse quatro anos e apenas fizesse o BRT? Não sei se o ex-governador conhece muito a cidade, se ele tem andado muito pela cidade, está muito em Brasília, tem passado muito tempo lá e eu não tenho visto muito ele em Salvador”, respondeu o gestor.

Recentemente foi  publicada no Jornal A Tarde, a entrevista do ex-governador que afirmou: “Tem prefeito que é só sorriso quando recebe investimento de um bilhão em mobilidade, e depois ataca pelas costas quando inaugura obra local. Nosso governo seguirá investindo (…) sem se importar com o partido, nem com a falsidade do abraço do prefeito”.

Descartando qualquer apoio ao PT futuramente, Neto criticou o Partido dos Trabalhadores e relembrou todos os escândalos de corrupção.

“O PT depois que chegou ao Poder deixou de ouvir as críticas. Subiu no salto. O Petrolão e o Mensalão estão aí. E não adianta achar que uma, duas ou dez obras servem para atenuar esse grave problema de corrupção que existe no Brasil e foi criado pelo PT. E não interessa, quem rouba um real ou um bilhão tem que ser punido. E o PT não tem essa compreensão disso. Se achavam intocáveis e não aceitam as críticas e a realidade. O Mensalão foi comprovado, e o Supremo Tribunal Federal botou muitos petistas atrás das grades. No Petrolão, o tesoureiro do PT está preso. E os brasileiros estão de saco cheio disso. Eu também estou de saco cheio disso, porque muito do que estamos vivendo na economia hoje deriva da corrupção e dessa estrutura que o PT montou quando chegou ao Poder”, disparou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.