Alunas do IFBA são aprovadas em seleção nacional para participar do Programa Jovens Embaixadores nos Estados Unidos

O Programa Jovens Embaixadores é um intercâmbio nos Estados Unidos “para estudantes do ensino médio da rede pública com excelente desempenho escolar, fluência em inglês e engajamento em iniciativas de impacto social”. Dos(as) 50 estudantes do Brasil aprovados(as) para participar do Programa em 2022 duas são alunas do curso de informática modalidade integrada do campus Camaçari do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA): Camily Guimarães Carvalho e Jhudy dos Santos Souza.

“Essa é uma notícia que enche o coração de todo cidadão de Camaçari de alegria! Tenho certeza que essa conquista é fruto de muita dedicação das estudantes e dos seus docentes, e eu desejo todo sucesso para vocês, Camily Guimarães e Jhudy Souza. Esse é só o início de muitas outras oportunidades enriquecedoras na vida de vocês. A educação abre portas, e vocês estão no caminho certo!” parabenizou Júnior Borges.

“Acredito que seja um momento de realização de um sonho! Conheci os Jovens Embaixadores através de outros estudantes do campus e pude me inspirar em suas trajetórias para poder traçar de fato a minha”, conta Jhudy dos Santos Souza, 18 anos, que está no terceiro ano do curso de informática modalidade integrada do campus Camaçari.

“Estou muito ansiosa para poder vivenciar essa oportunidade e conhecer os outros 49 jovens selecionados em todo o Brasil, porque tenho certeza que será uma troca de conexões muito valiosa durante o programa que levarei para a vida inteira”, revela a estudante.

Jhudy Souza (Foto: Acervo pessoal)

Desde 2020, Jhudy atua no Globalizando (https://globalizando.org), organização sem fins lucrativos que promove o ensino de idiomas “gratuito, inovador e acessível” em todo o Brasil, e conecta voluntários não-monolíngues com brasileiros de baixa renda para trabalharem juntos. A estudante do IFBA entrou no Globalizando como mentora de inglês e depois se tornou também voluntária nos times internos. Atualmente, Jhudy Souza é diretora do time de Admissões (que promove o processo seletivo para entrar no Globalizando), coordenadora de newsletter, que é enviada mensalmente para a nossa comunidade e criadora/locutora do GlobCast, “um podcast com diversas temáticas para a nossa comunidade e que está disponível em algumas plataformas de streaming”, explica.

Ela lembra que a sua mentora de inglês do Globalizando também foi uma jovem embaixadora em 2020. “Mesmo estando em São Paulo, ela foi um forte suporte pra mim e me apoiou em todos os momentos da minha inscrição até a minha aprovação”, diz a nova jovem embaixadora.

“Para mim é um sonho virando realidade porque minhas maiores aspirações são visitar os mais diversos lugares e aprender cada vez mais, e sinto que esse é o primeiro passo”, afirma Camily Guimarães Carvalho, 17 anos, colega de curso de Jhudy no campus Camaçari.

Camily Carvalho (Foto: Acervo pessoal)

Aluna do segundo ano, Camily conta que quando recebeu a notícia sentiu “uma felicidade nunca experienciada antes por mim” e revela que é um orgulho “muito grande” ter sido aprovada porque sente que “finalmente sou capaz de conquistar meus sonhos e fazer isso por mérito”. A jovem embaixadora considera que sua conquista “inspira outros e outras jovens como eu a nunca desistirem por mais que seus objetivos sejam difíceis de atingir”.

Camily é secretária do Girl Up-Elas por Elas, organização não-governamental apoiada pelas Nações Unidas e que visa “combater a desigualdade de gênero por meio do empoderamento feminino”. A estudante diz que faz “um pouquinho (ou um montão) de coisas por lá”. Segundo ela, “existem milhares de clubes Girl Up espalhados pelo mundo, e o Elas Por Elas é o de Camaçari”. Camily explica que o coletivo trabalha “com debates da luta feminista e como podemos melhorar a situação das mulheres de nossa comunidade”.

EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA E EXPANSÃO DE HORIZONTES

A reitora do IFBA, Luzia Mota, demonstra entusiasmo ao falar sobre a aprovação das estudantes do campus Camaçari no intercâmbio. “Quando falamos e defendemos a formação humana integral, estamos falando de exemplos como este de Camily e Jhudy, duas das nossas estudantes que protagonizam uma experiência dessa importância e nos enchem de orgulho. Duas jovens alunas talentosas que ultrapassam barreiras e fronteiras para representar suas comunidades, o IFBA e a Rede Federal. Estamos muito felizes com a vitória das nossas jovens embaixadoras!”, declara a reitora.

Quem também vibra bastante com a conquista das estudantes é o diretor-geral do campus Camaçari, Eduardo Oliveira Teles. “Sem dúvidas, ficamos muito felizes que nossos estudantes do IFBA vivenciem uma experiência tão enriquecedora para a vida acadêmica e também para vida pessoal. A existência de um ambiente que estimula a participação de estudantes para além da sala de aula promove a permanência e conclusão dos cursos e oportuniza expandirem seus horizontes e perspectivas. As meninas contempladas esse ano estão radiantes com essa oportunidade e nós, enquanto Campus, ficamos muito felizes também de vê-las representando o IFBA”, disse o diretor ao Portal do IFBA.

NOS ESTADOS UNIDOS: VISITAS, PROJETOS E REUNIÕES COM GESTORES DO GOVERNO

Criado em 2002, o Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa oficial do Departamento de Estado dos EUA e tem como público-alvo “jovens empreendedores que, por meio de iniciativas e ações criativas e inovadoras, geram benefícios e ajudam a promover o bem-estar social”. No Brasil, o programa é coordenado pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos da América e implementado em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). 

O programa é um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos durante o qual os Jovens Embaixadores “visitam a capital do país, Washigton, D.C., onde participam de oficinas sobre liderança e empreendedorismo, visitam escolas, projetos de empreendedorismo social e se reúnem com representantes do governo dos EUA. Em seguida, o grupo se divide e viaja para diferentes cidades do país e participam de atividades relacionadas ao tema do programa, visitam projetos de empreendedorismo jovem, fazem apresentações sobre o Brasil e fortalecem seu perfil de liderança”, explica o site da Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil.  

Saiba como participar do programa: https://br.usembassy.gov/pt/education-culture-pt/programa-jovens-embaixadores/como-participar-do-programa

Fonte: Portal IFBA

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.