Após denúncia da Ames, organizadores do Festival de Whisky resolvem vender meia-entrada

A denúncia feita pela Ames – Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas e Universitários do Estado da Bahia –, na última segunda-feira (14), na Promotoria Regional de Camaçari, surtiu efeito e os organizadores do evento que se negavam a vender meia-entrada para os estudantes anunciaram na manhã desta sexta-feira (18) a disponibilização dos ingressos pela metade do preço.

Programado para acontecer no dia 2 de novembro no Espaço Camaçari 2000, o primeiro lote de ingressos foi vendido sem direito a meia-entrada para os estudantes portadores da carteira de estudante, um dos motivos da ação da Ames na Promotoria.

Na manhã desta sexta-feira (18), a produção do evento anunciou na imprensa local a venda do segundo lote de ingressos e a possibilidade para os estudantes de comprar o bilhete pela metade do preço.

De acordo com Leonardo Borges, presidente da Ames, essa é apenas uma das ações da Ames em defesa do direito dos estudantes. “Vamos passar a ficar atento a cada evento cultural que aconteça na cidade e agir na forma da lei para fazer valer o que assegura o Estatuto da Juventude”.

Assessoria de Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.