Aprovado aporte de R$ 12 bi para ajudar micro e pequenas empresas

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) emendas do Senado à Medida Provisória 944/20, que concede uma linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem sua folha de salários durante o estado de calamidade pública decorrente do novo coronavírus. Trata-se do Programa Emergencial de Suporte aos Empregos, que agora segue para sanção do presidente da República.

“Crédito para o pequeno empresário, o que reflete na economia e na geração de emprego e renda no país”, destacou Júnior Borges.

O deputado Pedro Lupion (PR) participou da votação no Plenário e falou pelo Democratas, apoiando a medida. Segundo informações presentes no relatório votado, serão reservados R$ 17 bilhões para a folha de pagamentos, além de um novo aporte de R$ 12 bilhões para servir de crédito a micro e pequenas empresas.

O líder do Democratas na Câmara, deputado Efraim Filho (PB), comemora os recentes avanços em matérias que abordam o tema do acesso ao crédito para o setor produtivo, notadamente para os pequenos empresários. Efraim foi relator na Câmara da MP 975, já aprovada nas duas Casas (Câmara e Senado), e cujo texto está sendo considerado a mais ousada e completa liberação de crédito a pequenas e médias empresas, com foco na proteção dos empregos e geração de renda.

Fonte: Democratas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.