Bancada democrata critica investimento no esporte em Audiência Pública

O vereador Júnior Borges (DEM) pesou a mão sobre o esporte em sessão especial promovida na tarde desta quarta-feira (8), na Câmara Municipal de Camaçari.

A audiência pública serviu para discutir a situação do esporte no município e foi crucial para o democrata externar o sentimento de abandono que sente quando o assunto é investimento em novos talentos no esporte e educação através das várias modalidades oferecidas pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sedel).

De acordo com o parlamentar, as oficinas acontecem de forma tímida e termina onde começa. “Um jovem faz uma modalidade esportiva através da Sedel só que depois não tem o apoio da secretaria para dar continuidade, e acaba que o atleta não progride e passa a vida inteira treinando”.

Júnior ressaltou ainda que muitos atletas camaçarienses vivem uma situação em que a conquista de uma medalha ou troféu em campeonatos esportivos dependem da ajuda de amigos, familiares e até mesmo dos próprios vereadores. “Eu recebi no gabinete algumas pessoas dizendo que precisavam de ajuda financeira para custear gastos passagem para disputar campeonato representando o município. Isso é vergonhoso”, criticou.

O vereador Jorge Curvelo (DEM) fez uma comparação orçamentária entre algumas secretarias e a Cidade do Saber, e chegou a conclusão de que a Sedel tem recebido pouca importância do governo. Segundo o edil, a Sedel recebe por ano um investimento da ordem de R$ 5 milhões por ano, enquanto que a Cidade do Saber – apelidada de Cidade do Sabido por ele – conta com um benefício anual de cerca de R$ 14 milhões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.