Brasil terá disque 196 para atendimento de pessoas com transtornos mentais

O Ministério da Saúde lançará a linha 196 para atendimento de pessoas com transtornos mentais. Com previsão de funcionamento a partir de agosto de 2021, o projeto está em fase de estudos, com cursos de treinamento para profissionais a serem iniciados em janeiro do próximo ano.

“Essa é uma importante ação do governo, pois possibilita a abertura de um canal que auxilie as pessoas que precisam desse apoio para cuidar da saúde.” Júnior Borges.

Apesar de administrada pelo Ministério da Saúde, a equipe é interministerial. Participam também funcionários das pastas da Educação, da Cidadania e da Mulher, Família e Direitos Humanos. Os trabalhos, que já duram quase 2 anos, terão ações práticas a partir do 1º mês de 2021.

Segundo a coordenadora do grupo de trabalho, Mayra Pinheiro, a linha servirá para atender e informar pessoas que necessitarem de ajuda durante uma situação de urgência que envolva 1 transtorno mental.  “A linha deve ser colocada à disposição da população até o meio do ano de 2021. E vai se chamar 196, porque todos esses números são usados como linhas de atendimento de urgência, por isso são usadas por Polícias, Bombeiros e Samu, por exemplo”, afirmou.

O grupo de trabalho foi criado para cumprimento da Lei Federal nº 13.819/2019, que instituiu a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, criada para tornar obrigatória a assistência dos brasileiro que enfrentam algum distúrbio psíquico.

Fonte: Microsoft News

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.