“Camaçari registrou seis homicídios em quatro dias”, diz Júnior Borges

O vereador Júnior Borges (DEM) criticou na sessão da última terça-feira (23) a instabilidade na segurança do município e o crescimento no índice de homicídios. O edil usou a tribuna para reforçar a indicação que fez ao prefeito para a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública, como estratégia de envolvimento com a questão da segurança na cidade.

Demonstrando ser contra a ideia de que o governo do estado é o único responsável pelo investimento e planejamento no combate à criminalidade, Júnior frisou a importância do envolvimento do município com a causa. “A violência cresce descontroladamente em nosso município e o governo continua dizendo que a responsabilidade é do governador Jaques Wagner. Chega de jogar a responsabilidade para cima dos outros”, disse.

Na ocasião, o parlamentar mostrou indignação com o descaso do município em relação à violência e fundamentou o seu discurso em dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado, destacando que houve seis homicídios por arma de fogo na cidade, em apenas quatro dias. “Os crimes estão registrados pela secretaria para quem quiser ver, eu não estou inventando nada, não. E o município não faz nada para proteger a sua população”.

Júnior Borges destacou ainda que em muitos casos de homicídios na cidade, os jovens são as vítimas. “O caso é ainda pior porque são os nossos jovens que estão morrendo. Só esse fim de semana foram dois menores, um de 15 e outro de 16 anos. Poderia ser um filho nosso, e eu tenho certeza que ninguém deseja esse futuro para um filho. Portanto, é preciso agir rápido e tomar para nós também a responsabilidade sobre a segurança pública”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.