Vereador consegue aprovação de indicação que cria novo centro médico para crianças e idosos

O prédio onde funcionava a Clínica Médica & Pediátrica (CMP), na Avenida Radial A, pode ser reaproveitado pela prefeitura para atendimento público de crianças e idosos ainda este ano. Pelo menos é o que solicita a indicação apresentada na Câmara Municipal pelo vereador Júnior Borges (DEM), na última terça-feira (10).

A matéria, aprovada por unanimidade, foi defendida pelo edil. “A utilização desse prédio para atendimento da população vai desobstruir outras unidades e beneficiar o nosso povo que tanto tem sofrido com a saúde em Camaçari, principalmente crianças e idosos, que são o público-alvo da proposta”, disse.

O prédio onde funcionada a CMP está fora de uso há mais de 2 anos. Segundo informações de comerciantes da redondeza, o prédio está em boas condições de uso, mas até o momento não foi alugado pela iniciativa pública, nem privada. “Que eu saiba a estrutura do prédio está em perfeitas condições, mas até agora o proprietário não alugou a ninguém”, comentou um funcionário de uma papelaria próxima à antiga clínica.

Na frente do prédio, a placa que indica que o imóvel pode ser alugado é bem visível. A área, segundo a placa, é de 1.154 m². O tamanho, combinado à estrutura, une o útil ao agradável para a utilização pela prefeitura. Recentemente, na Audiência Pública para discutir os problemas na saúde de Camaçari, uma moradora criticou o secretário da Saúde, Vital Sampaio, pela demora em encontrar um imóvel para alugar e implantar uma clínica de atendimento pediátrico. Ela chegou a oferecer a própria casa para sanar a dificuldade colocada pelo município.

Com a iniciativa do vereador Júnior Borges, os moradores do município poderão ter um fio de esperança. Carol Almeida de Souza, 29 anos, tem um filho de 2 anos e reclama de dificuldade de ter atendimento pediátrico em Camaçari. “Não temos pediatra nas UPAS e somos reféns do Hospital Geral, que tem um atendimento horrível, isso quando tem médico. Se esse prédio for transformado em clínica para crianças e idosos, vai ser ótimo”.

Agora que já foi aprovada na Câmara, Júnior aguarda apenas o posicionamento da prefeitura quanto a indicação feita por ele. “Agora cabe ao secretário da Saúde e o prefeito avaliarem e darem o sinal positivo a esta importante matéria”, conclui.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.