Câmara de Camaçari aprova empréstimo de R$ 50 milhões com a Caixa

A Câmara Municipal de Camaçari aprovou em sessão extraordinária, na manhã desta segunda-feira (22), o projeto de lei de autoria do Executivo que autoriza o empréstimo de R$ 50 milhões com a Caixa Econômica Federal.

De acordo com o texto da matéria, o recurso será para financiar “obras e serviços de pavimentação e qualificação de vias urbanas”, conforme estabelece o Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana (Pró-Transporte). As intervenções fazem parte do Programa de Aceleração e Crescimento (PAC).

A votação foi realizada em dois turnos, resultando em 6 votos contra e 8 a favor do empréstimo. A bancada de oposição na Câmara votou contrário ao endividamento do município e cobrou apresentação de um projeto que justifique a decisão do Executivo. “O PAC é um programa do governo federal e tem recursos próprios, não entendo o motivo da necessidade do empréstimo já que tudo já está previamente planejado”, disse o vereador João da Galinha (PRTB).

O vereador Júnior Borges (DEM) questionou à bancada governista sobre os R$ 113 milhões que estão no caixa da prefeitura aguardando um destino. “A justificativa do governo é a falta de recursos, mas consta lá no Tribunal de Contas uma quantia de R$ 113 milhões de caixa só aguardando para ser investido, para onde vai esse dinheiro?”, questiona.

Elinaldo se colocou a favor da melhoria na mobilidade urbana do município, mas ressaltou que o empréstimo não é o melhor caminho. “Estamos endividando, mais uma vez, o município e sem precisão. O ex-prefeito Caetano endividou o município em R$ 53 milhões e agora Ademar faz o mesmo e pega mais R$ 50 milhões, isso é prova de que o dinheiro do povo está sendo mal administrado”, relatou.

Henrique da Mata/assessoria de comunicação 

Foto: Hericks Trabuco

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.