Câmara se reúne com COFIC, SENAI CIMATEC e BRASKEM para debater setor industrial de Camaçari

O presidente da Câmara de Camaçari, vereador Júnior Borges (DEM), capitaneou uma reunião, realizada na manhã desta quarta-feira (27/01), que deu seguimento aos debates propostos pelo Legislativo no sentido de fomentar o setor industrial de Camaçari. A reunião faz parte ainda das iniciativas que buscam alternativas para a lacuna econômica e social causada pelo fechamento da fábrica da Ford em Camaçari.

“Estaremos comprometidos com essa pauta que afeta a vida da nossa população de maneira muito direta. Não queremos que nossa matriz industrial vire sucata e também entendemos que é preciso pensar em fortalecer a chamada ‘indústria sem chaminé’, que no nosso caso pode ser o setor turístico, que tem muito potencial” – Júnior Borges.

Estiveram presentes na ocasião o superintendente geral do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari, Mauro Guimarães, o diretor de Operações do Senai Cimatec, Luis Breda Mascarenhas, e a gerente de Relações Institucionais da Braskem, Magnólia Borges. Também acompanhou a reunião o vice-presidente da Câmara, vereador Dílson Magalhães Jr (PSDB).

Durante o encontro, foi citada a construção de um projeto de lei, por parte do Executivo Municipal, que prevê a criação de políticas públicas que tornem Camaçari atraente para empresas e investimentos. O projeto está em fase de desenvolvimento e deve ser enviado em breve à Câmara Municipal para apreciação dos parlamentares. “Esta Casa estará atenta a esse debate, pois acreditamos que seja um documento muito importante, que ajudará a definir o futuro do nosso município”, pontuou o presidente Junior Borges.

Para o representante do Cofic, Mauro Guimarães, é preciso pensar o momento de crise como um momento de oportunidades. Para ele, o Brasil não deve mais ser apenas importador de matéria-prima e precisa agregar valor à indústria nacional. “Precisamos começar a produzir os nossos próprios produtos. Não cabe mais sermos apenas importador de commodities. É preciso agregar valor ao que produzimos, o que inclusive gera mais empregos e fomenta a preparação de pessoas para trabalhar nessa cadeia produtiva. O Polo Industrial de Camaçari é um embrião que pode ser utilizado para esta transformação”, destacou.

O foco no investimento em desenvolvimento de tecnologias também esteve na pauta da reunião. Para o diretor do Senai Cimatec, Luis Breda, esse é um caminho importante para pensar o futuro de um país. “É preciso pensar que hoje as empresas buscam um ambiente tecnologicamente desenvolvido. Tornar-se uma cidade atraente para investidores e empresas passa pelo desenvolvimento de tecnologias que ajudem essas empresas a produzir. Por isso estimulamos muito o debate sobre desenvolvimento de startups que foquem na criação de tecnologia. Acredito que esse seja um caminho para Camaçari”, acrescentou.

Ao finalizar o encontro, o presidente Junior Borges agradeceu todas as iniciativas desenvolvidas pelas empresas e destacou que a Câmara seguirá promovendo o diálogo constante com o setor.

Na mesma linha, o vice-presidente da Casa, vereador Dilson Magalhães Jr. reforçou a necessidade de uma mesa de debate permanente. “Saio desta reunião muito satisfeito e com a certeza que precisamos dar continuidade a este debate. O diálogo é importante para antecipar momentos de dificuldades e preparar o município para enfrentá-los”, concluiu.

Fonte: ASCOM CMC

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.