Condenado no mensalão, Henrique Pizzolato é preso na Itália

Condenado no processo do mensalão a 12 anos e 7 meses de prisão, Henrique Pizzolato foi preso pela polícia italiana nesta quarta-feira (5). O ex-diretor de marketing do Banco do Brasil estava foragido desde a decretação das primeiras prisões do processo, em novembro passado. Pizzolato fugiu para a Itália, país do qual tem dupla cidadania e, por isso, não pode ser extraditado.

Ele foi preso na cidade de Maranello, por estar com um documento falso. O jornal Folha de S. Paulo apurou que o condenado estava com o passaporte de um irmão morto. A Polícia Federal brasileira ainda não comentou o caso.

Metro1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.