Coronavírus: CICC é elogiado pelo Sindicato dos Médicos da Bahia

A postura preventiva do prefeito Elinaldo Araújo, antes mesmo da contaminação pela Covid-19 se tornar comunitária na cidade, tem sido assertiva e resultou em muitas vidas salvas. O Centro Intensivo de Combate ao Coronavírus de Camaçari (CICC), que recentemente celebrou o marco de 100 vidas salvas, teve sua conduta da luta contra a pandemia reconhecida nesta quinta-feira (27/8) pelo Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed).

Sindimed publicou, em seu portal institucional, uma nota na qual exalta o serviço prestado pelo município aos pacientes cujo quadro clínico torna necessário o internamento em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O texto destaca que o equipamento “apresenta boas condições de atendimento ao paciente e de ambiente de trabalho para a equipe médica”.

“As ações do prefeito Elinaldo no enfrentamento ao coronavírus têm sido reconhecidas para além do município. Mais de 5 mil vidas salvas. Só gratidão”, frisou Júnior Borges.

O Sindicato também elogiou o fato dos servidores que atuam na unidade não terem problemas com a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e disporem de aparatos tecnológicos que ampliam a proteção da equipe. “Houve uma grande proteção da equipe com poucos adoecimentos. Além disso, os profissionais que adoeceram puderam ter seus plantões pagos por um período de 14 dias”, lê-se na nota.

O investimento em equipe multidisciplinar, com inclusão de psicólogo para atender tanto os pacientes quanto os familiares, e em quadros remotos que permitem a visualização do panorama geral das UTIs pelos médicos, paramédicos e enfermeiros, também foram citadas pelo Sindmed como importantes pontos positivos para Camaçari. “O Sindimed acredita que outras unidades deveriam ser estimuladas a adotar esse modelo”, conclui o órgão.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.