De olho nas eleições, pelo menos nove ministros devem deixar governo

A presidente Dilma Rousseff deve oficializar nas próximas semanas a saída de pelo menos nove dos 39 ministros do governo, que devem deixar o cargo para disputar as eleições de outubro. Segundo determina a legislação eleitoral, ministros que queiram disputar uma vaga de governador, deputado ou senador precisam deixar o cargo até o início de abril, seis meses antes da data do pleito, que neste ano será em 5 de outubro. As saídas devem ocorrer em meio à reforma ministerial que Dilma vem costurando junto aos partidos aliados. O Tribunal Superior Eleitoral afirma que o objetivo da medida é dar “maior lisura ao processo eleitoral, impedindo que o candidato se utilize da função em benefício de sua candidatura”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.