Geddel reconhece candidaturas do DEM e PSDB em filiação

Depois de quase ter batido o martelo para se filiar e assumir a presidência do PPS baiano, o deputado estadual Bruno Reis, um dos parlamentares baianos mais ligados ao prefeito ACM Neto (DEM), ingressou hoje no PMDB do ex-ministro Geddel Vieira Lima, ao lado da deputada estadual Graça Pimenta (ex-PR), mulher do ex-prefeito de Feira, Tarcísio Pimenta.

A solenidade de filiação aconteceu hoje pela manhã, na sede do partido, no Costa Azul, e contou com a presença do próprio ACM Neto e de lideranças como o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB), do pré-candidato tucano ao governo, João Gualberto, e dos presidentes estaduais do PTN, João Carlos Bacelar, e do PHS, Marcelo Guimarães Filho.

Também estiveram presentes prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças da capital e do interior. “Esse não é um ato isolado. Essa e as filiações que estão acontecendo nos diversos partidos da oposição representam, praticamente, a nossa união em torno de um projeto alternativo para a Bahia e o Brasil”, discursou Bruno Reis, lembrando que, ontem, o Democratas fez um grande ato para confirmar o ingresso dos deputados estaduais Sandro Régis, Elmar Nascimento e Targino Machado.

Geddel afirmou que a aliança entre os partidos da oposição é “inquebrável”. Além disso, fez uma defesa veemente da liderança de ACM Neto no processo eleitoral de 2014. “Estamos na trincheira na defesa do governo de ACM Neto, que tem feito uma grande gestão”, frisou, acrescentando que quer ser candidato a governador, mas que o nome das oposições ainda será definido, reconhecendo de público a legitimidade das candidaturas de João Gualberto (PSDB) e de Paulo Souto, José Ronaldo e José Carlos Aleluia, do DEM.

Evitando falar do processo eleitoral de 2014, ACM Neto, por sua vez, agradeceu o apoio que recebeu do PMDB há um ano, no segundo turno das eleições municipais, e também elogiou a atuação de Geddel, a quem chamou de “amigo”, na defesa dos interesses da Bahia e de Salvador. Ele também destacou a filiação da deputada estadual Graça Pimenta ao PMDB.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.