Hospital da rede estadual realiza primeiro transplante de pele

A rede própria da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) já realiza transplante de pele, procedimento que, até então, só havia sido realizado no Hospital Universitário Professor Edgar Santos, administrado pelo Governo Federal.

O primeiro transplante desse tipo na rede própria estadual teve como paciente a pequena N.S.S., de apenas sete anos. Ela recebeu alta nesta quarta-feira (24) e passou o Natal com a família, como desejava. A menina teve queimaduras em mais de 80% do corpo, sendo 50% de terceiro grau. Os primeiros atendimentos foram realizados no município de Irará, a 130 quilômetros da capital. Ela teve rosto e membros superiores e inferiores queimados após um acidente doméstico com álcool.

A criança estava internada no HGE desde junho e o procedimento foi realizado no dia 28 de novembro. “Cirurgias como esta serão muito mais frequentes com o hospital novo [HGE2] porque vamos ampliar o serviço”, explicou o cirurgião plástico Carlos Briglia, responsável por realizar o procedimento no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, e coordenador do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) da unidade.

Política Livre

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.