Júnior Borges participa de reunião para discutir situação do transporte alternativo

O vereador Júnior Borges (DEM) participou, na manhã desta quarta-feira (26) de um encontro com representantes do transporte alternativo, gestores da Superintendência de Trânsito e Transporte (STT) e o prefeito Ademar Delgado. A reunião estava marcada desde a semana passada, depois que representantes do transporte informal souberam do projeto de lei 831/2014 que tramita no Legislativo e que pode proibir a atuação, ainda desregulamentada, dos trabalhadores.

Na encontro, ficou definido que uma comissão composta pelo legislativo, STT e trabalhadores irão procurar o Ministério Público (MP) para verificar a possibilidade de incorporá-los ao sistema de transporte do município atendendo a Política Municipal de Mobilidade e ao TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado em 2011 pela Prefeitura.

Para o vereador Júnior Borges, é preciso encontrar um meio para não prejudicar os passageiros, nem os pais de família que fazem o transporte informal. “Acredito que tentar inserir esse serviço no sistema de transporte de forma legal, atendendo a todos os pré-requisitos, é a forma mais justa de resolver esse problema. Vamos esperar uma resposta do MP e ver o que pode ser feito nesse sentido”, declarou Júnior.

Enquanto buscam uma forma de resolver a situação dos chamados “ligeirinhos”, a matéria que pune quem faz o transporte informal foi retirada da pauta da Câmara Municipal.

Assessoria de Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.