Médicos do Samu iniciam greve

Os médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) começaram uma greve nesta terça-feira (14), após diversas rodadas de negociação com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). De acordo com informações do A Tarde, membros do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed) realizam uma manifestação nesta manhã, em frente à sede do Samu, no bairro do Pau Miúdo.

Em assembleia ocorrida nesta segunda (13), foram recusadas as propostas de reajuste oferecidas pela pasta: aumento de 100% sobre o salário base no valor de R$ 1,8 mil, com a manutenção da carga horária de 24 horas; ou de 200% sobre o salário base, com aumento da carga horária para 40 horas. A diretora do Sindimed, Maria do Socorro Campos, disse que os profissionais querem reajuste de 200% sobre o salário base sem alteração da carga horária.

Por Bahia Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.