Ministro diz que tarifa zero será discutida ‘em outro horizonte de prazo’

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, reconheceu nesta segunda-feira (24) a deficiência do sistema de transporte público brasileiro, após reunião da presidente Dilma Rousseff com integrantes do Movimento Passe Livre, em Brasília. “A qualidade do serviço precisa melhorar. […] A presidenta colocou de maneira muito clara que é necessário se fazer um investimento em mobilidade para um transporte de qualidade. Não adianta reduzir tarifa e fazer com que o usuário leve o mesmo tempo, por exemplo, para se descolar”, declarou Ribeiro.

Em entrevista coletiva concedida, o ministro afirmou que o governo federal tem destinados R$ 88,9 bilhões para investimentos em mobilidade urbana, mas não apresentou maiores detalhes. “Esses R$ 88,9 bilhões são recursos que estão sendo aplicados em obras como metrôs, VLTs e BRTs. Parte dos recursos é de obras selecionadas e que estão sendo contratadas. Outra parte aguarda contratação, mas temos boa parte dos recursos já em andamento – mais de 30 R$ bilhões contratados”, disse.

Ribeiro definiu o encontro como amistoso e prometeu a manutenção de um fórum permanente para o debate relacionado à mobilidade urbana. Sobre a tarifa zero reivindicada pelo MPL, o titular da pasta das Cidades afirmou que a discussão será feita “em outro horizonte de prazo”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.