Movimento Passe Livre volta atrás e diz que protestos em SP não vão parar

Em nota divulgada no Facebook na noite dessa sexta-feira, 21, o Movimento Passe Livre (MPL) voltou atrás e disse que não vai suspender os protestos em São Paulo. Integrantes do grupo haviam anunciado que não convocariam novas manifestações devido à participação de ativistas que apoiavam causas divergentes das do MPL.

Entretanto, O Movimento Passe Livre São Paulo afirmou na rede social que não vai deixar de se organizar e sair às ruas. “Não estamos suspendendo os protestos. Sempre afirmamos que a luta contra o aumento ia continuar até a revogação. Agora que a tarifa baixou, vamos dar continuidade à luta, pela tarifa zero”, declara a nota.

A afirmação de que o grupo não convocaria mais protestos gerou polêmica nas redes sociais. Internautas comentavam que o MPL havia desistido dos atos depois de conquistar a revogação do aumento das passagens. Alguns chegaram a sugerir que o movimento estaria “se vendendo” às autoridades ao não convocar mais protestos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.