Nativo da ilha, João Ubaldo pedia fim do projeto da ponte Salvador-Itaparica

Morto na madrugada desta sexta-feira (18) por conta de uma embolia pulmonar, o escritor baiano João Ubaldo Ribeiro era contra a construção da ponte que ligará Salvador à Ilha de Itaparica.

Em 2009, quando o projeto foi lançado, o escritor, que é nativo da ilha, argumentou que o investimento não seria válido e duvidou que o projeto saísse do papel algum dia. “Essa ponte nunca vai ser construída. Contra ela, há diversos argumentos. A prioridade de uma ponte dessa, diante do acúmulo das necessidades do País, é baixíssima”, disse em entrevista à Terra Magazine.

“Além de tudo, Itaparica vai ser transformada com isso. Nós temos uma realidade brasileira de pobreza e exclusão. Itaparica vai se transformar numa espécie de subúrbio de Salvador e, provavelmente, favelizada. Além disso, o impacto ambiental é brutal”, completou.

A construção da ponte Salvador-Itaparica ainda não foi iniciada, mas o contrato para elaboração do projeto básico de engenharia da Ponte Salvador/Ilha de Itaparica já foi assinado, em março deste ano, pelo governo da Bahia com o consórcio internacional formado pelas empresas Enescil (Brasil), Cowi (Dinamarca) e Maia Melo (Brasil).

Na licitação, que levou em conta as modalidades técnica e preço, o consórcio vencedor apresentou o valor de R$ 22,5 milhões, um deságio de 15,4% em relação ao inicialmente estimado.

O consórcio deverá apresentar estudos intermediários e finais até outubro deste ano, segundo o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba).

Entre os principais produtos destacam-se estudos de alternativas para a ponte e a rodovia na ilha, anteprojeto de engenharia, relatório que subsidiará o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), orçamento do investimento na ponte e reconfiguração da BA-001.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.