Paulo Souto: “Vamos retomar a pujança de Camaçari”

“Vamos retomar a pujança de Camaçari, onde hoje o governo não cumpre a sua parte, realizando as fundamentais obras do sistema viário do Polo Industrial e Logístico, o que prejudica a implantação de novas empresas e a geração de empregos”, afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”. Ao lado dos companheiros de chapa, o vice Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima, candidato ao Senado, e do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, Paulo Souto liderou a Carreata 25 que percorreu 30 bairros da cidade, no final da manhã deste domingo (31).

A jornada continua pela tarde nas cidades de Tancredo Neves, Teolândia, Wenceslau Guimarães e Gandu. A paralisação das obras de infraestrutura que permitiriam a expansão do Polo foi denunciada a Paulo Souto por lideranças regionais, como os ex-prefeitos Tude e Hélder, além do candidato a deputado estadual Elinaldo.  ”É um absurdo que essas obras iniciadas em 2013 com prazo para conclusão no primeiro semestre deste ano estejam ainda no estagio inicial de terraplanagem, com o canteiro de obras abandonado, e sem nenhuma atividade de maquinas ou trabalhadores”, criticou Souto.

O atraso das obras do sistema viário que daria acesso a novos lotes industriais já prejudica a implantação de 30 empresas em Camaçari. “O governo do PT faz tanta propaganda que é campeão de empregos e não faz o dever de casa, que é criar as condições para a atração das empresas, que são as verdadeiras geradoras dos empregos. É por isso que a Bahia caiu da 9ª para a 13ª posição do Ranking Nacional de Competitividade e o PIB baiano hoje é o oitavo do País, sendo superado por Santa Catarina e até o Distrito Federal. Mas a Bahia vai voltar a crescer a partir do ano que vem”, disse Paulo Souto.

Política Livre

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.