Permissionários da feira de Camaçari cobram manutenção em sistema de esgotamento

Quem gostaria de sentar em um restaurante para almoçar e sentir mau cheiro de esgoto? Ninguém, bem verdade. Mas no Centro Comercial de Camaçari, os donos de estabelecimentos que servem alimentos, os famosos PF’s, estão sujeitos todos os dias a esse tipo de situação.

A falta de manutenção na rede de esgoto que atende à feira afasta a clientela dos bares que trabalham com a manipulação de alimentos e prejudica os permissionários. A maioria dos comerciantes, em corredores diferentes da feira, tem a mesma queixa quanto ao descaso. “Já pedimos que fosse feita uma manutenção e não foi uma, nem duas vezes, e até agora ninguém resolveu nada”, disse um feirante.

Cláudio Silveira trabalha nas redondezas no mercado e sempre que não tem tempo de ir em casa almoçar opta por um dos fornecedores de comida na feira, mas reconhece que o mau cheiro incomoda e funciona como critério para a escolha do ambiente. “Tem lugar que eu não como de jeito nenhum, por causa do cheiro forte de esgoto. Pode até ser que o local seja limpo, mas o fedor incomoda muito”, explica.

Uma equipe do vereador Júnior Borges (DEM) foi chamada no local para conhecer as dificuldades dos comerciantes. Ao chegar à feira, a equipe encontrou vários pontos de esgoto com problemas. Na ala da peixaria, próximo aos açougues e também aos bares e restaurantes.

O vereador Júnior Borges considerou a situação vergonhosa para a visão do Mercado Municipal da cidade. “Lamento pelo que os feirantes têm enfrentado ultimamente, são muitas reclamações que chegam ao Legislativo. Fazemos as indicações, mas só o Executivo pode realmente tomar as providências. Isso só contribui com visão ruim que as pessoas têm da feira”.

Júnior disse que vai cobrar das autoridades uma solução para o problema. “Como vereador dessa cidade, vou cobrar do governo que solucione esse problema e evite os transtornos aos feirantes e visitantes da feira”, argumentou.

Henrique da Mata/assessoria de comunicação

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.