Petrobras foi espionada por agência dos EUA

A Petrobras, uma das maiores empresas do Brasil, foi espionada pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. A denúncia, feita em reportagem veiculada no “Fantástico” da TV Globo, na noite de ontem, tem por base documentos vazados pelo ex-analista da NSA, Edward Snowden, atualmente exilado na Rússia. De acordo com a reportagem, apresentação da própria NSA, usada em treinamento de novos agentes, mostra que a agência espiona redes privadas de computador, como a da Petrobras.

O nome da companhia brasileira surge logo no início da apresentação. Além da companhia, aparecem listados como alvos o Google, a diplomacia francesa e a rede Swift, que regula transações financeiras internacionais. Conforme a reportagem, pelo documento não é possível determinar há quanto tempo a Petrobras vem sendo espionada e nem mesmo que tipo de informações foram acessadas pela NSA. O “Fantástico” lembra, porém, que a companhia possui informações sensíveis, que valem bilhões de reais, como as que se referem ao pré-sal.

A reportagem diz ainda que, no próximo mês, o governo brasileiro vai promover o leilão de exploração do Campo de Libra, na Bacia de Santos, que faz parte do pré-sal. Segundo a TV Globo, dependendo das informações da Petrobras acessadas pela NSA, participantes da disputa podem ter vantagens na disputa.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.