Prefeito autoriza compra de mais de 100 cadeiras de rodas

Nesta terça-feira (14/7), o prefeito Elinaldo Araújo autorizou a compra de mais de 100 cadeiras de rodas adaptadas para pacientes, entre crianças e adultos, atendidos pelo Centro Especializado em Reabilitação (CER II). O investimento é de aproximadamente R$ 700 mil reais.

“Mais um importante passo para ajudar aqueles que precisam. O prefeito Elinaldo está de parabéns por cada ação que tem feito em prol da população de Camaçari.” Júnior Borges.

O pleito foi apresentado ao gestor municipal durante encontro com os diretores da Secretaria da Saúde (Sesau). Na ocasião, Elinaldo se mostrou sensível e de imediato autorizou que fosse empenhado e comprado os equipamentos, além de analisar com os presentes em reunião, a demanda dos pacientes cadastrados, a fim de fechar a lista de pendências de 2019 a 2020. “Estamos atentos para que nada falte aos pacientes e faremos o que for preciso para dar mais conforto às pessoas com deficiência física ou vítima de lesão corporal ou medular”, garantiu.

De acordo com a diretora da Média e Alta Complexidade e Atenção Hospitalar da Sesau, Elaine de Oliveira, o pedido é para atender as demandas de pacientes que são cadastrados no Centro de Reabilitação Físico e Intelectual, no que se refere a cadeiras de rodas simples, de banho, motorizada e com estrutura monobloco, além de colchões e outros itens que os pacientes utilizam.

Em tempo, o prefeito solicitou a equipe da Sesau mais eficácia no fornecimento de fraldas e pediu que a distribuição seja mantida nas unidades de saúde. No que tange as formas lácteas, o gestor se certificou que o contrato está transcorrendo normalmente.

Também participaram da reunião, a primeira-dama do município, Ivana Paula, e os vereadores, Jorge Curvelo e Elias Natan, representando o poder Legislativo.

Fonte: ASCOM PMC

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.