Prefeito de Salvador comemora cobrança do Iptu e promete melhora na saúde

O prefeito de Salvador, ACM Neto, concedeu entrevista nesta quarta-feira (17), na Rádio Metrópole. O democrata falou sobre a cobrança do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) depois que a Justiça indeferiu a ação de inconstitucionalidade do imposto. “Com certeza melhora a caixa da prefeitura. A partir de agosto teve uma elevação na receita do IPTU. A gente teve que segurar alguns projetos por conta do IPTU. A arrecadação é superior a do ano passado. Em 2012, ainda na época do ex-prefeito, a prefeitura arrecadou R$ 3,8 bilhões de IPTU. Já em 2013, arrecadamos R$ 4,4 bilhões. Em 2014, nós devemos ultrapassar a marca de R$ 5 bilhões. É dinheiro pra investir nas obras e ampliar serviço, como a saúde”, contou.

O prefeito falou sobre a situação da saúde e prometeu melhoras na área até 2016, quando termina seu mandato. “Na próxima semana, com a inauguração do posto de saúde de Mussurunga, serão 104 equipes de saúde da família em Salvador. Próxima semana nós vamos alcançar 210 equipes da família. A saúde tava sucateada. Salvador tinha apenas uma UPA que não funcionava em Periperi. Só esse ano nós vamos ter sete UPAs . Já inauguramos em Valéria e San Martin. Nos Barris em poucos dias vamos inaugurar. Até fevereiro do ano que vem sete novas UPAs estarão funcionando”, disse.

O gestor municipal comentou também sobre os multicentros de saúde. Segundo ele, em 2016, 12 multicentros estarão funcionando em Salvador. “Três multicentros estão sendo construídos. No final de 2016, a proposta é que tenha 12 multicentros, pois existe 12 distritos sanitários. A ideia é que esses postos fazem atendimento especializado. Um posto de saúde tem filas enormes para marcar exames e consultas. Não tem capacidade, por isso existe o multicentro. 12 é ambição da prefeitura, pois não há recurso federal. É recurso da prefeitura. Eles custam muito. Por mês se gasta R$ 700 mil. Uma UPA custa um milhão por mês. O serviço de saúde é o mais caro”, afirmou.

Metro 1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.