Prefeitura realiza obras de manutenção em mais de 40 escolas municipais

Com o intuito de garantir um ambiente agradável e acolhedor aos estudantes da rede municipal, assim como profissionais da educação, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), avança nas obras de manutenção em mais de 40 unidades de ensino entre sede e costa do município.

“O prefeito Elinaldo está cuidando de todos os detalhes, junto à Seduc e Seinfra, para que no retorno às aulas estudantes e professores tenham toda a estrutura necessária”, disse Júnior Borges.

De acordo com técnicos da Seinfra, a manutenção da Escola Municipal Marcus Ivo Bona, em Catu de Abrantes, está concluída. Os trabalhos seguem em andamento nas seguintes unidades: com 98% da obra adiantada estão as escolas municipais Conceição de Maria e Eustáquio Alves de Santana, ambas em Parafuso; com 95% dos trabalhos progredidos estão a Escola Municipal do Gravatá e a Escola Municipal Giltônia Pereira de Souza, em Arembepe; com 85% segue o Centro Educacional Monteiro Lobato, no Camaçari de Dentro.

Outras dezenas de instituições prosseguem com as intervenções de manutenção. Com 75% os trabalhos avançam no Centro Educacional Yolanda Pires, no Jardim Limoeiro; na Escola Municipal Angiolina Teixeira de Souza, no bairro Piaçaveira; na Escola Municipal Ilay Garcia Ellery, no Novo Horizonte; no Centro Integrado de Educação Infantil (Ciei), na Gleba C; na Escola Municipal Rural Boa União, em Catu de Abrantes; e no Centro Educacional Tancredo Neves, em Jauá.

Para a secretária da Educação, Neurilene Martins, as manutenções e reformas em andamento são ações estratégicas para a qualidade social da educação, uma vez que na escola, todos os espaços se constituem em lugares que educam, por meio de rituais pedagógicos cotidianos, que visam a aprendizagem, o desenvolvimento e a sociabilidade. A gestora acrescenta ainda que tais manutenções integram o conjunto de ações em andamento, previstas no Protocolo de Retorno às Aulas e visam garantir as condições sanitárias pertinentes.

“Nesse momento, a Seduc além de colocar todos os seus esforços e investimentos no projeto Mais e Melhor Educação: em Casa, tem também uma ação que é fundamental. Trata-se do planejamento de protocolo de retorno às aulas e nesse sentido a manutenção das escolas tem sido umas das principais ações na parceria com a Seinfra. É um trabalho intenso para que as nossas 102 unidades escolares estejam prontas para acolher famílias, estudantes e servidores logo que formos autorizados pela Secretaria da Saúde e pela Vigilância Sanitária”, explicou Neurilene.

A Seinfra destaca que as unidades passaram por diversos serviços, definidos conforme a necessidade de cada escola, entre os tipos de intervenções estão: revisão das instalações elétrica e hidráulica; substituição de revestimento cerâmico da cozinha e banheiros; troca de telhado, esquadrias e cerâmica; conserto dos banheiros,  pintura total; limpeza geral; além de reparos emergenciais. Uma assistência especial foi dada às escolas maiores e mais antigas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.