Souto terá direito de resposta no site de Rui por matéria sobre falha do INSS

O candidato a governador Paulo Souto (DEM), da coligação “Unidos pela Bahia”, conseguiu novo direito de resposta no site da campanha de Rui Costa (PT), por conta de reportagem sobre a falha do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) no repasse dos valares recolhidos como salário educação.

O juiz eleitoral Salomão Viana entendeu que o texto “manipulou e distorceu deliberadamente a verdade dos fatos, com o nítido objetivo de imputar ao representante a responsabilidade por um fato no qual não teve ele qualquer participação”.

O magistrado determinou que após a entrega da contestação de Souto, o material deverá ser veiculado na página de Rui em até 48 horas, com o mesmo espaço, local, horário, tamanho, caracteres e outros elementos de realce. “Numa tentativa de atingir a reputação e a honra de Paulo Souto, eles irresponsavelmente manipularam a falha do INSS para acusá-lo de desvio de dinheiro público em seu governo”, afirmou a advogada da “Unidos para a Bahia”, Débora Guirra.

Em caso de descumprimento total ou parcial da decisão, a coligação “Pra Bahia Mudar Mais” terá que pagar multa diária no valor de R$ 50 mil. A resposta de Paulo Souto deve ficar disponível no site do candidato petista pelo dobro do tempo da postagem que foi alvo da ação judicial.

Bahia Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.