Teatro online: confira a lista de espetáculos que então sendo exibidos em maio

Procurando que assistir durante essa quarentena? Lives teatrais são uma ótima opção para se distrair e relaxar em casa. Além disso, elas ajudam a matar a saudade do entretenimento em tempos de pandemia. Confira a lista:

Vivandança – 29 de abril a 9 de maio

O Festival Internacional recebe espetáculos de diversas partes do mundo e apresenta um olhar especial sobre a videodança. A programação também destaca produções da dança contemporânea no continente africano, mostras virtuais de produção local e internacional, batalhas de breaks e MC’s, concurso de popping, ações formativas com oficinas e encontros para networking, além de lançar o podcast “Bahia Mundo” com profissionais da dança que se estabeleceram em outros países. A programação completa pode ser conferida no site.

Sertão sem fim – 30 de abril a 30 de maio

A peça nasce da colheita de diálogos de Tertulina com mulheres macaubenses, num alinhavo de trajetórias pessoais e únicas, mas também universais. O espetáculo pode ser assistido através das redes sociais dos teatros Paulo Eiró, João Caetano, Cacilda Becker, Alfredo Mesquita e Arthur Azevedo.

Sigo de Volta – 8 a 30 de maio, ás 19h

O espetáculo conta a história de duas irmãs, diferentes mundos, um choque, faíscas: Giovana (Isabella Moreira) tem passado seus dias imersa num jogo de realidade virtual enquanto Úrsula (Rafaela Ferreira) está fazendo uma longa viagem de bicicleta. Quando elas se encontram virtualmente, após os embates iniciais, cada uma vai se deixando seduzir pelo universo da outra, o diálogo flui e as irmãs elaboram uma experiência em comum. A peça pode ser assistida pelo youtubeAlém de assistir de forma gratuita, o público pode colaborar de forma voluntária os valores de R$10, R$20, R$40 ou R$60.

Solano, Vento Forte Africano – 1º, 02, 08, 09 e 13 de maio, às 20h

O espetáculo conta a história de Solano Trindade, o poeta pernambucano que desenvolveu sua múltipla potencialidade artística com o olhar sempre voltado à realidade do negro brasileiro e foi também criador do Teatro Popular Brasileiro, de profunda importância para a unificação dos movimentos negros. A peça pode ser assistida através do youtube.

Itans que Encantam da Companhia de Artes Elementos – 7 e 9 de maio

A peça conta histórias intrigantes e divertidas que falam das relações familiares de afeto e contam com um estímulo a reflexão e empatia”. O espetáculo pode ser assistido através do canal no youtube.

Entre Homens : Conectados e Por Amor – 15 e 16 de maio, ás 20h

A peça traz como proposta a disparidade e a luta pelos direitos LGBT+, além e explorar a polarização e despertar em toda sociedade e classes sociais o interesse de acolhimento, especificamente, sobre a violência da homofobia e a revolução nas relações sexuais gays na Internet. O espetáculo pode ser assistido através do youtube

Manifesto da Diversidade – 17 de maio 

O espetáculo se revela como uma obra teatral poética que denuncia a LGBTfobia e traça paralelismos com o racismo e o machismo por meio da metáfora do ciclo de vida da borboleta e de uma pessoa trans no Brasil que, segundo estatística, é de 35 anos. O publico pode assistir através do youtube.

Arquivo Vivo – 28 de maio, ás 19h

Na peça, cada espectador construirá sua narrativa fazendo seu próprio caminho pelas pastas de arquivos, na ordem que preferir, escolhendo o que quer vasculhar: cenas sonoras, imagens fotográficas e pictóricas, textos, tradução na Língua Brasileira de Sinais (Libras), trilha musical, entre outros vários elementos que compõem essa dramaturgia construída em fragmentos, como pedaços de memórias.

“Arquivo Vivo” foi construído a partir de impressões e lembranças de todo o elenco sobre peças teatrais a que assistiram: espetáculos apresentados e/ou criados na Bahia que afetaram cada um de modo especial.  Os ingressos estão a venda no Sympla.

Zumbindo – 28 de maio a 6 de junho, ás 19h

Um elo ancestral entre o fim do século XVI e o ano de 2021. É o que liga o fictício quilombo urbano do Ferreiro ao real Quilombo dos Palmares, em Alagoas, um dos berços da resistência negra e da cultura afrodiaspórica de Angola. O espetáculo pode ser assistido através do youtube.

Fonte: IBahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.