União fulmina as ‘previsões’ de Pelegrino, diz Leo Prates

O líder do DEM e vice-líder do Governo na Câmara Municipal de Salvador, Leo Prates, afirma que o prefeito de Salvador, ACM Neto, sai fortalecido neste período pré-eleitoral. Isto porque na condição de coordenador do processo de escolha das candidaturas às majoritárias nas eleições de 2014 do grupo oposicionista, ACM Neto conseguiu agregar na mesma chapa Paulo Souto e Geddel Vieira Lima, além de um tucano histórico, Joaci Góes.

Ele aproveitou para alfinetar o deputado federal Nélson Pelegrino, derrotado no pleito de 2012 na disputa a prefeito da capital baiana por ACM Neto. “Há alguns dias, Pelegrino disse que ACM Neto ‘ia sair menor e chamuscado deste processo’. Eu creio que o deputado Pelegrino tem uma obsessão com relação ao prefeito ACM Neto”, ironizou.

“É só ouvir o nome do prefeito que o derrotou nas urnas na sua quarta tentativa de ser prefeito de Salvador que Pelegrino tem pesadelos. Então, foi só uma troca deste processo obsessivo do deputado. Antes, a fixação era no Palácio Thomé de Souza, agora o processo obsessivo é em tentar diminuir o prefeito que tem a melhor avaliação no país”.

Segundo o vereador, Pelegrino deveria se concentrar nas energias positivas e não deixar “ser possuído” pelo rancor. Quem sabe assim ele não tem mais clareza nas sua previsões”, finalizou Prates.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.