Vereadores repercutem vinda de médicos estrangeiros para o Brasil

A 36ª sessão ordinária da Câmara de Camaçari foi marcada pela repercussão da chegada dos médicos estrangeiros no Brasil, que deverão atuar em diversas localidades do país através do programa “Mais Médicos”, do Governo Federal.

O assunto entrou na pauta a partir da observação feita pelo vereador Elias Natan (PV), que é médico. Ele defendeu a necessidade de que seja feita a revalidação do diploma para os profissionais cubanos que vão atuar no país.

Júnior Borges (DEM) contribuiu com a discussão argumentando que o problema da saúde pública no Brasil não é a falta de profissionais. “Não faltam profissionais, faltam condições dignas de trabalho, equipamentos, materiais e um plano de carreira que atraia as pessoas para os lugares mais distantes”, pontuou.

A sessão ainda aprovou medidas importantes, como o Projeto de Lei No 030/2013, de autoria do vereador Otaviano Maia (PT), que cria uma reserva de vagas para afrodescendentes em concursos públicos municipais. Houve ainda a indicação No 376/2013, para implantação de um Posto de Saúde da Família (PSF) em Catu de Abrantes, feita pela vereadora Professora Patrícia (PT).

ASCOM/Câmara

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.