Vereadores se reúnem com desabrigados que ocupavam loteamento desapropriado

Os vereadores Júnior Borges, Antônio Elinaldo e Falcão – trio democrata – se reuniram no final da tarde desta quinta-feira (9), na sala de Coordenação das Comissões da Câmara Municipal de Camaçari, com representantes da Associação de Moradores do Loteamento Pôr do Sol, no distrito de Parafuso, para discutir uma possível solução para as famílias que ficaram desabrigadas após a reintegração da área na última quarta (8), com autorização da justiça.

De acordo com o vereador Júnior Borges, a oposição está empenhada em encontrar uma solução para os moradores que não têm para onde ir. Mas reforça que é necessário um apoio do município. “Nenhum representante do município, em nenhum momento, esteve lá no dia em que as famílias estavam perdendo suas casas e seus pertences. Então, pelo menos, que o poder público ampare essas famílias e encontre uma forma de ajuda-las”.

Segundo o presidente da associação, Egnaldo de Oliveira Santana, cerca de 149 famílias ficaram desabrigadas com a ação de reintegração de posse. “Assim que a suposta proprietária da terra tomou posse da área começou a derrubar as casas”, disse.

Elinaldo lembrou que teve acesso à cópia do processo e identificou uma série de falhas no documento. “A minha equipe jurídica esteve comigo no fórum para tentar reverter o caso, porque o processo estava cheio de erros. A minha equipe jurídica me informou que o juiz que autorizou a reintegração cometeu um erro ao assinar o processo”, relatou.

Em apoio aos desabrigados, o vereador Falcão prometeu emprestar todos os esforços para ajudar as famílias. “Esse é um momento muito delicado e essas famílias precisam de nosso apoio para buscar uma solução o mais rápido possível. Perder um teto não é simples. O sofrimento dessas pessoas está estampado no rosto”.

 Henrique da Mata/Assessoria de Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.