No Brasil, 166 filhos de detentas vivem em presídios

Há 166 crianças em unidades prisionais do país e cerca de 80% das presas do Brasil têm filhos gerados dentro ou fora da cadeia, de acordo com o Ministério da Justiça. O número de grávidas não é quantificado. “Muitas vezes, quando o homem é preso, a mulher é suporte.

Quando a mulher é presa, a família se desfaz. A pena atinge os filhos”, sintetizou a coordenadora do Fórum dos Conselhos Penitenciários do país, Maíra Fernandes, ao jornal O Globo.

É comum pelo país — reconhece o ministério — que filhos convivam com as detentas, mas no cárcere. O governo já tem pronta a primeira política pública voltada para presas, com um capítulo sobre a relação entre mães encarceradas e seus filhos. Informações da Agência O Globo.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.