TRE-BA decide pela perda de mandato da deputada Maria Luiza Orge por infidelidade partidária

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) decidiu nesta quinta-feira (10) pela perda de mandato da deputada estadual Maria Luiza Orge (PSC). A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-BA) acusou a deputada de infidelidade partidária. A ex-mulher de João Henrique (PSL), ex-prefeito de Salvador, trocou o PSD pelo PSC, seu antigo partido.

De acordo com o site Bocão News, suplente Paulo Magalhães Jr. (PSC) irá assumir o cargo de Maria Luiza. O processo foi iniciado em 7 de novembro de 2013.

Metro 1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.