Vereadores e feirantes se reúnem contra privatização da Feira de Camaçari

11219252_803556179730565_2430345168522999516_n

Em uma reunião com feirantes do Centro Comercial de Camaçari, realizada nesta segunda-feira (04), na Câmara Municipal, os vereadores de oposição falaram sobre as consequências da privatização da Feira.

Entre as principais reclamações dos feirantes, está a preocupação de que a suposta Parceria Público Privada (PPP) faça com que os permissionários arquem com todo o projeto, prejudicando financeiramente as vendas, tornando os preços dos produtos mais altos para os consumidores.

De acordo com o vereador Júnior Borges, o projeto não é bom para Camaçari. “O projeto não é bom por que as pessoas de Camaçari não têm condições de sustentar aquilo. É o feirante que vai ter que pagar o valor investido”. O edil ainda falou que os vereadores estão do lado dos feirantes e que a decisão será o que for melhor para o município.

Construído no ano de 2001, o Centro Comercial de Camaçari ainda não passou por um processo de reforma. O vereador Júnior Borges, em 2013 sugeriu uma requalificação para a Feira. A proposta traz um conceito inovador, com mais espaço e segurança para os feirantes e clientes que têm o hábito de comprar na feira livre.

De acordo com Borges, o espaço onde hoje funciona o mercado precisa ser melhorado e ampliado para atender a demanda. “A estrutura da feira é decadente e não consegue mais atender à população de Camaçari. É preciso investir em uma reforma no prédio atual e construir um anexo para novos boxes, dando mais conforto aos clientes e gerando mais emprego para o município”.

11204628_10206590438743286_405497025_o

A proposta de um novo mercado para Camaçari não é de agora. Segundo Júnior, desde a sua primeira campanha para vereador, em 2004, ele defende a ideia da necessidade de uma nova feira para o município. “Essa já é uma luta antiga minha, e hoje como vereador tenho o dever de buscar meios de fazer com que esse projeto saia do papel”, ressaltou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.