Câmara aprova quase R$ 2 bi para compra da vacina de Oxford.

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem (2/12) a medida provisória que destinou R$ 1,99 bilhão para o Ministério da Saúde viabilizar a produção e/ou a aquisição de 100 milhões de doses da chamada “vacina de Oxford” contra o novo coronavírus.

“Têm sido um ano muito difícil para todos, mas sabemos que todo esforço dos governos e cientistas, em breve será recompensado, Mas devemos continuar respeitando as medidas de prevenção e distanciamento.” Júnior Borges.

O texto segue agora para análise do Senado. A matéria precisa ser aprovada hoje (3/12) para não perder a validade. A proposta foi aprovada na Câmara em votação simbólica, sem a contagem de votos no painel.

Por se tratar de uma medida provisória, o dinheiro foi liberado assim que o texto foi publicado no “Diário Oficial da União”, em agosto deste ano. No entanto, a MP caducará se não for aprovada no prazo de 120 dias.

Embora o dinheiro já estivesse liberado, nem todo o montante foi usado ainda – por isso, há preocupação dos parlamentares com a aprovação da medida.

A vacina é desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, do Reino Unido. Como ainda estava em fase de testes, o Brasil assumiu parte dos riscos tecnológicos relativos ao desenvolvimento do produto quando liberou o dinheiro.

Fonte: G1 Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.