Dirceu diz que fará mestrado e já negocia emprego em Brasília

Se for forçado a viver em Brasília e a ter um emprego fixo na capital para poder cumprir sua pena no regime semiaberto, o ex-ministro José Dirceu deve começar a trabalhar com carteira assinada em um escritório de advocacia. Os advogados Hélio Madalena e João Feitosa estão no páreo para ser o novo chefe do ex-chefe da Casa Civil da Presidência nos primeiros anos do governo Lula. Ambos são amigos antigos de Dirceu – mas outras opções também estão sendo avaliadas pelo petista.

Se a Justiça determinar que ele deve cumprir a pena em São Paulo, Dirceu pode trabalhar no próprio escritório. Além do trabalho, ele revelou ao senador Eduardo Suplicy (PT) – que esteve ontem na Penitenciária da Papuda e conversou por 1h30min com os petistas detidos – que também pretende estudar. “Ele mencionou que quer fazer um curso de mestrado em Direito”, disse o senador.

Política Livre

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.