Feiras itinerantes da agricultura familiar voltam a funcionar

As feiras itinerantes da agricultura familiar do município, suspensas desde o início da pandemia, voltam a funcionar de forma gradativa no mês de outubro. De acordo com a Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap), a pretensão é abrir as feiras situadas na Prefeitura e na Gleba E, na sede, e as de Jauá, Arembepe e Barra do Pojuca, na costa.

“A reabertura das feirinhas fazem parte do plano de retomada da economia local, e sabemos da importância para a agricultura familiar”, frisou Júnior Borges.

O retorno das feiras itinerantes faz parte das medidas de retomada gradativa da economia no município e está amparado pelo Decreto Municipal número 7.390, de 9 de setembro de 2020, divulgado no Diário Oficial do Município (DOM) número 1.498, publicado na mesma data, que trata do Plano Estratégico de Reabertura Parcial das Atividades Econômicas e engloba diretrizes também acerca das feiras livres e ambulantes da cidade.  

De acordo com a Sedap, a retomada seguirá todo o protocolo respeitando os cuidados de enfrentamento à doença. Para tanto, as feiras contarão com número reduzido de barracas e feirantes. Os permissionários estão sendo orientados sobre como devem proceder com as mercadorias e com os clientes, além de como será o funcionamento e as restrições de comercialização. Eles ainda foram convocados para assinatura dos termos de compromisso junto à secretaria.

Ainda, segundo a Sedap, aos poucos, e na medida em que for mais seguro, as demais feiras itinerante do município terão suas atividades retomadas também. Vale lembrar que a feira da prefeitura funciona às quintas-feiras e as localizadas na Gleba E, Jauá, Arembepe e Barra do Pojuca, aos sábados. 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.